Blog

Devemos usar o rastreio precoce do mesotelioma?

A detecção precoce do câncer é muito útil para o sucesso do tratamento. Para detectar o câncer de cólon, as colonoscopias são recomendadas para todas as pessoas com mais de 50 anos. O rastreamento do câncer de pulmão tem sido recomendado para aqueles que têm um longo histórico de tabagismo. Como a exposição ao amianto pode causar asbestose e depois evoluir para mesotelioma, parece que o rastreio regular poderia ser usado para ajudar a prevenir esta forma mortal de cancro do pulmão.

One of the great difficulties with asbestos-related diseases is detect the presence of the disease before it is too late. Mesothelioma is a dangerous illness because it is caused by exposure asbestos fibers, but unlike lung cancer from smoking, which typically requires many years of cigarette use to trigger, mesothelioma can be caused by a few days exposure to airborne asbestos fibers.

Além disso, a exposição e o desenvolvimento do mesotelioma normalmente aparecem com décadas de diferença, o que significa que um trabalhador da construção civil poderia ter tido um emprego na casa dos 20 anos envolvendo a demolição de um edifício que tinha isolamento de amianto no seu sistema de aquecimento ou gesso feito com amianto, e só poderia ter exposto ao pó de amianto durante alguns dias.

No entanto, 30 ou 40 anos depois, ele pode desenvolver uma tosse persistente que não passa. Outros sintomas aparecem e então chega o diagnóstico de mesotelioma. E com isso o paciente pode ter apenas meses de vida.

Embora o rastreio tenha demonstrado ser valioso para os fumadores, não foi emitida qualquer orientação que sugerisse que aqueles que foram potencialmente expostos ao amianto deveriam ser rastreados.

Fonte: About.com, “ Rastreio do cancro do pulmão – Devemos incluir também pessoas expostas ao amianto? ”Lynne Eldridge MD, 29 de julho de 2013

Compartilhar