Homem de Portland ganha um milhão de veredictos do júri por ferimentos e câncer causados pela exposição ao amianto

Doença pulmonar do amianto e linfoma da exposição ao amianto

Trabalhador de Portland recebe US$ 1,5 milhão por lesões causadas por produtos que contêm amianto

Portland, OR — September 3, 1999 — After three weeks of trial, a Multnomah County jury awarded $1.502 million in damages to 71–year old Robert Bush, a longtime Portland resident. Mr. Bush has been diagnosed with both asbestos–related lung disease and non–Hodgkin’s lymphoma, a type of cancer caused by exposure to asbestos. Mr. Bush was exposed to asbestos-containing building products manufactured by the defendant Kaiser Gypsum Company.

No julgamento, o Sr. Bush descreveu como ele foi exposto aos produtos de construção Kaiser Gypsum enquanto trabalhava como "transportador de carga" para empreiteiros em vários locais de trabalho em toda a região de Portland de 1956 a 1986. O Sr. Bush nunca foi avisado sobre qualquer perigo associado a amianto, apesar das evidências apresentadas no julgamento de que a Kaiser Gypsum sabia do perigo pelo menos em 1965, se não desde a sua fundação em 1952.

“Esta é uma vitória tremenda para o Sr. Bush e outras pessoas que foram feridas por produtos contendo amianto”, disse o advogado do Sr. Bush sobre amianto , Gil Purcell. O Sr. Purcell, sócio da Brayton Purcell LLP , afirmou que este é um dos mais altos veredictos até hoje para uma vítima de linfoma não-Hodgkin atribuído à exposição ao amianto.

O julgamento de 3 semanas foi conduzido perante a juíza Anna J. Brown, do Tribunal do Circuito de Oregon, no condado de Multnomah. O câncer de Bush está atualmente em remissão. O veredicto incluiu $ 402.953 em danos econômicos, conforme pleiteado pelos Requerentes em sua reclamação, mais $ 500.000 em danos não econômicos e $ 600.000 para compensar o Sr. Bush por viver com medo de contrair câncer novamente devido à sua exposição aos produtos Kaiser Gypsum.